Forebrain e CONECTA lançam ferramentas de neuromarketing digital

 
 
e-mail icon

A Forebrain, empresa pioneira em pesquisa de neuromarketing, e o CONECTA, referência no comportamento do consumidor digital, se uniram para lançar ferramentas inovadoras de neuromarkeging digital no Brasil. O objetivo é oferecer ao mercado soluções de pesquisas de neurociência e comportamento aplicadas de maneira online e remota.
 
A parceria entre as duas empresas inicia com dois produtos: o Teste Implícito de Associação (TIA) e o Eye Tracking Online. No TIA, o o consumidor realiza um jogo onde é possível verificar o quanto atributos e valores estão associados implicitamente a marcas. O teste pode ser usado para direcionar o posicionamento de uma marca, de uma embalagem, ou mesmo o impacto de campanhas publicitárias, entre outras ações de branding.

“O teste proposto é capaz de medir com precisão a força de associação entre uma marca ou um produto e as emoções e sentimentos associados aos conceitos que esses estímulos provocam”, diz o CEO da Forebrain, Billy Nascimento. Segundo Billy, a inovação do neuromarketing digital vai garantir ao cliente uma maior escalabilidade dos serviços, alcançando mais participantes de pesquisa em um cronograma mais enxuto e de menor custo.

Outro fruto da parceria, o EyeTracking Online, que rastreia o olhar do consumidor de maneira remota, utilizando a webcam de seu computador. Nesse teste, são analisados os movimentos dos olhos que indicam os pontos de atenção que atraem automaticamente o olhar do consumidor, podendo ser utilizado para análise de peças publicitárias, filmes, embalagens, gôndolas ou mesmo aplicativos e sites.

“Esse teste permite avaliar e sugerir recomendações para o aperfeiçoamento de materiais, como aumentar a visualização de certos conteúdos, identificar elementos que distraem a atenção e definir o melhor formato da comunicação. Essa metodologia é bastante adequada para testes de protótipos, pois permite obter insights importantes sobre a eficiência das diferentes versões antes mesmo de serem produzidas em formato real”, afirma Nascimento.

“Trata-se de uma inovação no mercado brasileiro. Somos os primeiros a oferecer tais essas ferramentas às marcas brasileiras, que agora contam com processos mais modernos e mais ágeis nos estudos de neuromarketing”, diz a diretora-executiva do CONECTA, Laure Castelnau.

Receba nossas notícias

Go to top