45% dos internautas brasileiros viajariam ao espaço, se fosse acessível

 
 
e-mail icon

O turismo espacial ainda é tratado de forma tímida pelos cidadãos comuns. Porém, nas grandes empresas aeroespaciais o tema é recorrente e sempre há tentativas de tornar as viagens ao espaço mais agradáveis, acessíveis e seguras para profissionais da área e para a população.

Uma pesquisa do CONECTA realizada para o Skyscanner, para saber se as viagens ao espaço orbital já despertam o desejo dos viajantes mais aventureiros no Brasil, revela que 45% dos internautas brasileiros viajariam ao espaço, principalmente os homens mais jovens. Entre os 55% que não viajariam, 22% não têm vontade de ir e preferem gastar seu dinheiro com outras coisas, 19% afirmam que há várias experiências na Terra que preferem ter primeiro e 15% não se sentiriam seguros e preferem viagens mais relaxantes.

Os dados mostram que as viagens a orbita terrestre despertam interesse, mas o custo alto é um fator determinante para muitos brasileiros preferirem experiências terrestres. Também foram apurados dados em outros países que constatam que a Índia é a primeira da lista com 87% de pessoas interessadas na viagem ao espaço, seguida por Cingapura com 80% e Turquia com 78%**.

Sobre a pesquisa
Pesquisa realizada no painel online CONECTAí, com 1.125 internautas de todas as regiões do Brasil, homens e mulheres, a partir de 16 anos de idade.

** Dados de outros países coletados pelo Skyscanner - Itália – 64%, Espanha - 63%, França - 51%, Alemanha – 52.5%, Reino Unido – 68%, Estados Unidos – 57% e Canadá - 57%.

Receba nossas notícias

Go to top